©2018 NeuroLiving

  • Diana Luzio Alves

Porque uma pessoa com Alzheimer diz "Quero ir para casa"

Atualizado: 18 de Jan de 2019


O seu idoso com doença de Alzheimer ou outro tipo de demência diz-lhe repetidamente que quer ir para sua casa? Saiba que não está sozinha... Há muitos cuidadores a lidar com esta questão frustrante!


Para ajudá-la a entender e lidar com este comportamento, vou explicar-lhe por que pedem para ir para casa e o significado real por trás das suas palavras:





Nem sempre significa o que é pedido

Em primeiro lugar é preciso ter sempre em conta que quando uma pessoa tem demência, perde gradualmente a capacidade de comunicar com terceiros. Isso significa que a cuidadora não pode levar sempre as palavras a peito.


Muitas vezes, quando a pessoa de quem cuida diz que quer ir para casa, não está a pedir para ir ao local onde morava.





É a doença a falar, não a pessoa

É natural que se sinta magoada, ofendida ou até frustrada ao ouvir repetidamente este pedido. Sabe que dá o seu melhor para oferecer um apoio excelente e um ambiente caloroso e seguro, mas parece que o idoso está a rejeitar todo o seu empenho!


Para a sua própria paz de espírito, é importante tentar não levar para o lado pessoal. Por causa das mudanças no seu cérebro, a pessoa com demência pode não ser capaz de controlar o que está a dizer ou pode não encontrar as palavras certas para expressar seus pensamentos verdadeiros.


Além do que já foi referido, deve ter em conta que acontecem diversas alterações sensoriais que decorrem com a evolução da doença, nomeadamente alterações visuais (como por exemplo, um piso brilhante parece que está inundado com água).





Então o que “eu quero ir para casa” realmente significa?

Para a maioria de nós, a casa é o lugar onde nos sentimos mais confortáveis, seguros e aceites. A sua casa é o lugar aonde pertence e pode ser você mesma.


Normalmente, as pessoas com demência estão a tentar expressar que precisam da sensação de segurança e conforto, como sentiam quandoviviam enquanto moravam com os pais e moravam num local seguro, cercadas por pessoas, lugares e rostos que conheciam. Família, parentes próximos, amigos íntimos.


Isso é o que "casa" (lar) significa para elas.




Pode sentir-se:

- Insegura ou assustada

- Perdida

- Agitada ou chateada

- Fisicamente desconfortável

- Não familiarizada com seu ambiente atual, como uma nova sala ou novas pessoas


Para outras pessoas, pode ainda significar algo totalmente diferente, como querer ir dormir ou precisar ir à casa de banho. É importante que preste muita atenção à sua linguagem corporal e observe as suas reações ao verificar qualquer desconforto físico ou necessidade de higiene pessoal.



Sei que é difícil para um cuidador ouvir este pedido. No entanto, a partir do momento que entender o que o paciente com demência pretende realmente dizer, evite encarar como algo pessoal. Com o tempo, será capaz de descobrir do que seu sénior realmente precisa quando lhe disser que quer ir para casa.


No artigo Como deve responder quando a pessoa com demência diz "Quero ir para minha casa" (clique aqui para aceder) digo-lhe como deverá ser a sua reação. Acredito que se vai surpreender!




...Como sabe, adoro ouvir o que têm para me dizer.


Partilhe comigo questões, reflexões ou opiniões enviando-me um e-mail ou partilhe comigo e também com outros leitores através dos comentários no post do FB deste artigo. Centenas de pessoas fantásticas vêm aqui todas as semanas para procurar informação e motivação, e a suas partilhas podem ajudar outra pessoa a ter um crescimento significativo.

Obrigada por partilhar um pouco de si.


“Conhecimento não é aquilo que você sabe, mas o que faz com aquilo que sabe” - Aldous Huxley